CONHEÇA NOSSO BLOG
30Set
5 cuidados com a ergonomia na limpeza

Ergonomia na limpeza: 5 cuidados diários durante os processos

A análise ergonômica se baseia em um estudo sobre identificação de riscos ao trabalhador em função da atividade laboral desempenhada. À vista disso, hoje ela é importante para diversos ramos, por propor soluções para a melhoria do bem-estar. Os benefícios da sua aplicação são notados pelo aumento da segurança, devido ao desenvolvimento adequado da movimentação, e redução do cansaço. Continue a leitura deste artigo para conhecer dicas sobre ergonomia na limpeza. Entenda como reduzir dores é possível!

Como aplicar ergonomia na limpeza? Veja 5 dicas!

A ergonomia na limpeza está atrelada a uma série de cuidados que devem ser considerados durante a realização das atividades. Por exemplo, ao varrer, realizar a higienização de vidros, organização de armários e muito mais. Todas essas tarefas podem parecer simples, mas quando feitas de forma indevida, tornam-se capazes de acarretar danos à saúde dos funcionários com o passar do tempo.

Separamos o que deve ser feito para que não exista gasto de energia por esforço repetitivo feito de modo inadequado abaixo. Leia essa relação de cuidados para aprender a direcionar melhor o trabalho de seus funcionários.

1- Ao levantar móveis: atenção com mãos, pés e abdômen

No primeiro momento da limpeza de ambientes corporativos, levantar móveis é o tipo de atividade que ocorre com frequência. Por isso, antes de iniciá-la, o profissional deve pedir ajuda para alguém que esteja disponível com o propósito de dividir o peso.

Ao se abaixar, os pés devem ser mantidos no chão bem separados, joelhos dobrados e abdômen contraído. Isso garante que o corpo crie resistência com relação ao peso e, portanto, não sobrecarregue a coluna.

No segundo momento, as mãos devem estar mantidas no ângulo de 90º com o tronco. Atenção: o objeto deve ser erguido na mesma proporção que o corpo.

2- Ao varrer ou aspirar: evite inclinar-se

Outro aspecto da ergonomia na limpeza é evitar a inclinação. O ideal é varrer ou aspirar mantendo a postura ereta e com os pés afastados. A vassoura ou aspirador deve ser levado para trás e para frente apenas com os braços, evitando o giro do tronco.

Caso seja necessário varrer ou aspirar embaixo dos móveis, o responsável pela limpeza deve se agachar, contraindo o abdômen. O retorno do corpo para a posição normal precisa ser feito devagar.

3- Ao limpar vidros: não posicione os braços acima da cabeça

Essa dica é uma curiosidade bastante interessante. Limpar vidros com braços estendidos acima da linha da cabeça é errado. Essa ação gera fadiga e sobrecarrega nos ombros e na cervical, o que pode se transformar em hérnia de disco.

Dessa forma, usar uma escada para chegar mais próximo de áreas altas é a melhor opção.

4- Ao organizar armários: evite ficar na ponta dos pés

Assim como na dica anterior, a ergonomia na limpeza prevê que é ruim ficar na ponta dos pés e usar braços para alcançar a parte superior de armários.

A disposição dos objetos pode ajudar a cumprir essa dica. Itens de uso frequente devem ficar posicionados na linha dos olhos, os de uso médio na parte inferior do armário. Apenas os produtos de utilização opcional tem de ficar dispostos na área superior.

5- Ao cozinhar ou lavar louça: não curve a coluna em direção ao objeto

Ao cozinhar ou lavar louça, a coluna deve ficar ereta e músculos abdominais contraídos. O recomendado é usar um banco baixo como apoio para um dos pés. A proximidade dos utensílios deve ser de acordo com o alcance dos braços.

Terceirize o serviço com uma empresa de limpeza e conservação!

Agora, já ciente dos cuidados relativos à ergonomia na limpeza, você como gestor deve ter notado a importância de ter uma equipe bem organizada para seguir todas as restrições. A terceirização é uma solução viável para prospectar funcionários capacitados para exercer a limpeza e conservação com todas essas orientações. A RHS Premium é uma empresa completa neste sentido! Cuidamos desde a gestão da equipe até problemas com a limpeza.

Entre em contato conosco e peça seu orçamento.

Gostou do artigo? Leia outros sobre temas semelhantes em nosso blog. Veja: